Aviso!

ATUALIZAÇÃO em: 04/08/20

Oi, gente, o servidor atualizou e, com ele, algumas postagens tiveram trechos que tomaram um chá de sumiço. Estou tendo de atualizar tudo, então se virem alguma coisa, podem comentar (usando uma conta Google) nos comentários dos posts, okay - que assim, sou notificada (porque quando comentam pelo face, não aparecem para mim, infelizmente). Ah! Algumas imagens também tomaram chá de sumiço e outras postagens perderam a formatação. Mas, com o tempo, tudo se ajeita, né...
Desculpem o transtorno!
Mostrando postagens com marcador Especial. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Especial. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

ESPECIAL | Lee Jong Suk

안녕하세요 Amigas dorameiras! Se você é daquelas que curte um pãozinho doce com cobertura cremosa, está aqui o seu momento.. Pensando em uma amiga que é mais apaixonada que eu, resolvi falar, hoje, do nosso querido Sukinho, Lee Jong Suk. Um rapaz deliço de 1,86m e uma boca incrivelmente sexy, que faz babar a mais distraída das moças. - queria eu, uma boca dessas no meu cangote!



terça-feira, 21 de abril de 2020

ESPECIAL | OSTs de doramas que saíram da Indústria do KPOP

Hoje, o nosso especial é sobre OST, aka Original Television Soundtrack, ou popularmente conhecida como soundtrack. E tudo isso, em português, se resume a: trilha sonora.


Sabemos que a trilha sonora tem um papel importantíssimo em quaisquer história/estória contada por meios audiovisuais. Em dramas coreanos (k-dramas, doramas) não é diferente. Em muitos casos (maioria, na verdade), ao menos uma, três...se não todas as faixas, as quais compõem a OST, foram compostas especialmente para o drama! Claro, tem dramas que o soundtrack foi completamente montado com músicas já existentes  - dentro ou fora do papel -,porém especialmente selecionadas. Além disso, temos vários cantores coreanos fabulosos, famosos por estarem presentes em diversas trilhas sonoras, como K.Will (incontáveis, mas básica: Like A Star, de You Who Came From The Stars), Gummy (You Are My Everything, de Descendants of the Sun), Roy Kim (You Belong To My World, de While You Were Sleeping), entre outros.

quinta-feira, 26 de março de 2020

ESPECIAL | Parasite

Não, esse texto não é sobre saúde ou um artigo sobre parasitologia. Apesar de ser um assunto extremamente importante (principalmente nos dias atuais), esse texto é sobre cinema. Mais precisamente, sobre Parasite, o filme sul-coreano que venceu em quatro categorias do Oscar 2020, e teve seu diretor, Bong Joon-Ho, consagrado na noite da maior premiação da indústria do cinema.
Depois de nos recuperarmos das grandes vitórias de Parasita na 92ª cerimônia do Oscar, realizada no Dolby Theater, em Los Angeles - Califórnia, veremos como esses acontecimentos vão reverberar, daqui para frente, na indústria do Cinema.


Gênero: Drama
Exibição: 2019
Ganhador do Óscar: 2020

  • Sinopse: Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo em um porão sujo e apertado, mas uma obra do acaso faz com que ele comece a dar aulas de inglês a uma garota de família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe e filhos bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custam caro a todos.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

ESPECIAL | A superação do Kim Woo Bin

Eu não saberia lidar com o fato de não falar sobre o Kim Woo Bin, por aqui. Primeiro, porque o acho um excelente ator, sendo ele uma participação especial (To the beautiful you) - dorama com o Choi MinHo do SHINee. - Ou protagonista secundário (The Heirs). Ou, ainda, personagem principal (Uncontrollably Fond). Segundo que ele, finalmente, venceu e superou a mais difícil batalha de sua vida: a luta contra o câncer. Que, no caso dele, era raríssimo, o que o torna, duplamente, um vencedor! E, por último, pela pessoa incrível e guerreira que ele é.  E que comece a primeira parte do:

Especial destinado ao Kim Woo Bin. *-*


domingo, 1 de setembro de 2019

ESPECIAL | Permita-se apreciar, se envolver e sentir.

Todo dorama, assim como toda música, toda vivência, toda experiência amorosa, cada escolha, cada queda, enfim, como tudo na vida, tem a sua essência, o seu aprendizado, ou aquela coisa que toca o coração. Eu não estou falando de sentimentos, ainda, mas de alguma lição, algum aprendizado, alguma reflexão. Nada em nossas vidas acontece por acaso! E partindo por esse princípio, resolvi escrever sobre isso, por aqui. 

Paisagem: Descendants of The Sun
Muitas pessoas se precipitam perguntando se tal dorama termina bem, se tal dorama tem um final feliz, e se esquecem de aproveitar o percurso, o enredo, os personagens. Oras, nem todo filme de romance será como Uma Linda Mulher, ele também pode ser como Diário de Uma Paixão e não decepcionar. Ou mesmo como Titanic, cheio de altos e baixos onde o casal principal é só um mero detalhe. Pergunto: "quem é que decidiu que para ser um filme bom, ele tem que terminar feliz?" O que é felicidade? Viver a vida intensamente, ao lado da esposa a quem ama, "na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte os separem", ou um final onde um homem com medo de altura vem numa limusine branca, resgatar a donzela de sua própria casa no quarto andar, vencendo o preconceito dela ter atuado em boa parte da sua vida, vendendo o próprio corpo? Não estou diminuindo os enredos, apenas mostrando que "um final feliz" é relativo. Por isso, ao ler um comentário da minha amiga Gisele, me inspirei em fazer este post. O comentário dela refere-se principalmente aos doramas, mas parafraseando-a podemos englobar todas as obras de arte, assim:

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

CULTURA ASIÁTICA | Notícia: Kocowa chega ao Brasil, em parceria com o Viki, abrindo o mercado de streaming sul-coreano.



Quem acompanha nossas resenhas e notícias de Doramas, deve ficar feliz com esta novidade! É que, desde que o Viki anunciou a parceria com o Kocowa, muitas pessoas estavam se perguntando de que tipo ela seria, uma vez que as legendas proporcionadas pela plataforma, integrada ao Viki, traziam os doramas, filmes e programas de variedades com legendas apenas em inglês.


Se você é novo neste universo, então, vem que eu te explico tudo em detalhes!

domingo, 21 de julho de 2019

ESPECIAL | Uma surpresa de aniversário ~EU ♥ DORAMAS~

Algumas pessoas acham que "estou curtindo minha fase adolescente, agora", outras que "pareço criança com esses gostos infantis". Muitas pessoas ainda viram a cara ou fazem comentários desnecessários a respeito deste meu gosto "asiático", outros partem para piadinhas que, ora passam do limite, ora até eu dou risada, mas sinceramente eu não ligo. Continuo curtindo, assistindo e preferindo dorama às novas séries americanas, e principalmente ouvindo SHINee, gastando com SHINee e sendo tiete de SHINee, porque quem paga minhas contas sou eu, talkey? 😅 Digo isso, porque vi uma necessidade de me enturmar com pessoas que tivessem os mesmos gostos que eu, porque é um saco ser um lobo solitário sempre! Pois bem, passei a entrar nos grupos de facebook e até reativei minha conta do twitter para me alimentar dessa atmosfera totalmente nova e fora do meu habitual, que não só preencheu alguns vazios, como me tirou de uma bolha de carga negativa e de uma gama de repetecos sem qualquer inovação. Além disso, conheci um mundo completamente novo para mim e pessoas que... bem, já fazem parte da minha vida e é sobre isso que vou falar hoje.

Há, exatamente, 1 ano, decidi que era hora de criar um grupo no Facebook chamado "EU DORAMAS", cujo objetivo era ser diferente de todos os outros que eu participava na mesma plataforma. Com todo respeito às pessoas que conheci no meio do caminho e àquelas que acabaram me indicando doramas maravilhosos que, ainda hoje, compõem minha lista de prediletos, haviam umas coisinhas que me incomodavam em todos eles: Os famosos hates e a ausência de medidas administrativas contra eles.


Quem me conhece, sabe: gosto das coisas certas, sinceras, sem hipocrisia, sem mimimi, direta, sem filtro, sem encheção de saco e sem imposição de opinião. Para mim, opinar vai muito além de dizer "é bom ou ruim", "recomendo ou é uma bosta". Tem que ter fundamento, senão sua opinião é simplesmente dispensável!
O que eu mais via nesses grupos eram pessoas que detonavam um dorama porque não gostavam do ator ou da atriz que o protagonizaram, ou porque se limitavam a criticá-lo, integralmente, por conta de uma mísera cena, sem muitas vezes se permitirem terminá-lo, não aceitando quaisquer evoluções de personagens ou desvios de conduta, chegando a xingar as pessoas que gostam de histórias de amadurecimento pessoal e/ou com cenas um pouco mais brutas, mas ainda que dentro do limite social e legalmente aceitável, de um beijo roubado ou pegada pelo braço ou cintura, entre outras cenas romantizadas desde as coleções de banca de jornal Bianca, Sabrina e Julia... E, quantas não foram as vezes em que me vi discutindo com essas pessoas, sendo xingada com vários adjetivos terminados por "ista", para saciar a elas o desejo-mor de "lacrar" nas tretas infantis? Perdi as contas.
Eu sou da opinião de que se a pessoa gosta de um determinado gênero de histórias, por mais que tenham outras que não gostem, o mínimo que se pode fazer é aceitar que todos somos diferentes e que se há sucesso, há público, então sua opinião negativa sobre algo devia ser guardada ou, se muito necessária, fundamentada, argumentava, justificada e com o máximo de educação e "tato" (sensibilidade) possível! Mas, infelizmente, não achava isso nesses grupos porque a moderação deles ou era ausente, ou compactuavam com a briguinhas cotidianas, afinal tretas atraem mais membros. Foi aí que cansei!
Criei o grupo EU ♥ DORAMAS para fugir desses lugares que prezam mais a quantidade do que a qualidade. Quis fugir da mesmice dos demais e jurei (para mim) que no meu, não toleraria hates. Para garantir isso, até fiz um tutorial que diferencia hate de opinião crítica negativa, para que ninguém viesse dizendo que não aceitamos opiniões contrárias. A prática de hate é parecida com a do bullying, é coisa de gente que se acha dona da razão, que quer impor opinião (geralmente com teor político-ideológico), mas que na verdade não tem capacidade argumentativa nem para falar do próprio umbigo, porque não sabem ver outra coisa que não o reflexo da própria alma. Se camuflam na repetição de discurso, porque só dão aquilo que têm. 
Achei que não ia conseguir chegar a 31 mil membros. Mas, a verdade é que acabamos de bater 32 mil. E, pelo visto, muitas pessoas também se cansaram dessas briguinhas bestas existentes, ainda, nestes grupos repletos de haters e migraram para o nosso. 
Em um ano, formei um grupo de moderadores e mediadores competentes, que pensam como eu e que me ajudam nessa empreitada, acertando mais do que errando, se estressando tanto quanto, rindo com algumas descascadas e pedindo ajuda em situações que carecem uma atenção maior. Vou dizer para vocês, eu sou orgulhosa do grupo de moderadores e mediadores ativos que criei. Passamos por alguns obstáculos, mas nos fortalecemos como família... Parafraseando algum desconhecido, "amadurecemos com o passar dos (d)anos"! Por conta do grupo que resolvi criar este site! ^^ 

E eis que entrei de férias... 

... com o perdão a todos os sensíveis a palavrões...

E o que esses putos fizeram? Uma surpresa de aniversário de 1 ano da EU ♥ DORAMAS. Sim, minha primeira experiência com "Surpresa" na VIDA!

sexta-feira, 24 de maio de 2019

ESPECIAL | SHINee: Direto do Túnel do Tempo

Antes de iniciar a leitura deste Especial, há algumas coisinhas que você precisa saber. Eu o escrevi pouco antes do SHINee completar 11 anos, mais precisamente na véspera. Retomei com o SHINee Special Party: The Shining e seguirei atualizando conforme forem lançando álbum. Talvez, por conta disso, haja alguns 'lapsos temporais' (link do post, gifs, texto, etc), mas desconsiderem toda e qualquer inquietação e pensem no conteúdo como forma de recordar e prestigiar o legado do SHINee, okay? Espero, de coração, que este Especial seja o suficiente para deixar todos os corações shawols bem quentinhos!



~~~ ♥ ~~~

Welcome to the SHINEE!!!

~ HISTÓRIA | DISCOGRAFIA | CURIOSIDADES~


Okay. Eu sou Shawol.
Então, muito provavelmente, alguns comentários pessoais vão surgir no decorrer do texto. Mas, de certa forma, acho que um texto vindo de "shawol para shawol" é sempre mais bem-vindo, tanto para quem tem tempo no Fandim, quanto para quem quer conhecer o SHINee. Aqui, o espaço é para todo mundo!
Não minto, nem exagero, em dizer que, muitas vezes, o SHINee me salvou e me deu forças quando eu mais precisei. Agora, imaginem eu falando do SHINee, num dia como o de hoje, na véspera do aniversário deles de 11 anos de uma carreira consolidada, de sucesso e com tanta história para contar: objetividade se torna uma missão impossível.
Resolvi, por este motivo, fazer uma retrospectiva de todos os Álbuns do SHINee, de maneira cronológica, contando algumas curiosidades no meio do caminho e considerando a discografia coreana e japonesa.
Um dia, sabe-se lá quando, eu termino a discografia do Jonghyun, me aventure na do Taemin e me adentro na do Key e Onew e posto aqui. Sem esquecer do Minho, que antes de se alistar, deixou bem claro que "não deu tempo de entregar um álbum", por isso, recebemos "só um debutzinho solo de Station", maravilhoso, como o I'm Home e que promete muitas "baladinhas" pela frente. - Oremos!


Neste Blog, tenho o costume de escrever para quem "está chegando agora" e não conhece o objeto-tema do post, então, não estranhem.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

DORAMAS | Apresentação e Curiosidades

Annyeonghaseyo!


Se você é um leitor assíduo de resenhas críticas de doramas, este espaço é para você. Aqui, na EU ♥ DORAMAS, vamos, de tempos em tempos, postar uma resenha crítica de algum dos doramas que assistimos, para você que curte lê-las antes, durante e depois de assisti-los, independente de o recomendarmos ou não. Tenho certeza que irá se identificar com este espaço! — Dorama? Mas o que é um dorama? — Você que não sabe, continue a leitura que já explicarei. Já você, que assim como eu, está no vício, trago algumas curiosidades e diferenças entre os doramas asiáticos de cada país onde são televisionados (os mais famosos, pelo menos).

Paginação numerada



Subir