Aviso!

ATUALIZAÇÃO em: 04/08/20

Oi, gente, o servidor atualizou e, com ele, algumas postagens tiveram trechos que tomaram um chá de sumiço. Estou tendo de atualizar tudo, então se virem alguma coisa, podem comentar (usando uma conta Google) nos comentários dos posts, okay - que assim, sou notificada (porque quando comentam pelo face, não aparecem para mim, infelizmente). Ah! Algumas imagens também tomaram chá de sumiço e outras postagens perderam a formatação. Mas, com o tempo, tudo se ajeita, né...
Desculpem o transtorno!

domingo, 17 de janeiro de 2021

APRESENTAÇÃO | O que é Kpop? + Dicionário dos termos mais usados.

Digamos que este seja o ponto de partida para quem acabou de chegar no Kpop e não sabe por onde começar para conhecer este tão vasto mundo.


O QUE É KPOP?


Primeiramente, saiba que o "Kpop" não é um gênero musical, mas um conceito. Isso porque abraça vários gêneros, como um estilo híbrido, tais como o pop, o rock, o hip hop, o rap, o R&B, o eletrônico - EDM (Eletronic Dance Music), a performance e outros estilos audiovisuais que se misturam para criar uma tendência mundial de sons inovadores. O próprio "pop coreano", como costumeiramente vemos descreverem o "kpop", na Coreia, é chamado de gayo. Este, sim, é um estilo musical.
Sem mais delongas, vamos conhecer - e devorar - o Kpop?


O mais correto a se afirmar é que o Kpop é uma indústria musical e os grupos não se originam, propriamente, pela junção de talentos, mas são treinados por anos, recebendo investimento da Empresa para, então, se tornarem um grupo.
Durante o "pré-debut", os candidatos aprovados nas audições recebem treinamento de canto/rap, dança e atuação, além de regras de comportamento em frente às câmeras, aulas de outros idiomas, entre outras, precisando conciliar tudo isso à escola normal.
Quando enfim "debutam", precisam reverter não só todo o investimento como dar lucro para a Empresa e garantir fama. Digamos que, só quando retornam todo o investimento à gravadora é que começam a, realmente, lucrar e a terem certa autonomia com as músicas e danças. Mas, nem tanto assim, porque o mundo do Kpop é muito mais complexo do que isso.
Para se ter uma ideia, é justamente quando debutam que a dedicação e empenho do grupo tem que aumentar, inclusive o marketing, porque a competitividade é insana e se manter na Indústria é extremamente difícil. No começo, quando a internet não era como hoje, alguns grupos faziam marketing distribuindo pirulitos com o nome do grupo, o SHINee, por exemplo. Hoje em dia, o acesso é muito mais facilitado, mas a concorrência é bem maior.
Por este motivo, é que sempre tentam inovar, seja na música ou na performance de dança. Explicamos isso para que entendam que é diferente das "boybands" que conhecemos, como Menudos, Dominó, Twister, BackStreet Boys, Westlife, Five, N'Sync, Br'Oz, entre outros... (e vale para os girlsgroups, também).
O Kpop tem mais peculiaridades do que pensam. Que tal falarmos sobre o dialeto diferenciado?  Sim, abaixo trazemos um Dicionário Kpop, porque não será muito difícil verem, por aqui, a gente usando alguns termos. Então, vamos para alguns, por ordem de usopara não ficarem perdidos, okay?

DICIONÁRIO KPOP (+extras)


  • Trainee: Artista em treinamento com a agência, antes de “debutar” oficialmente. 
  • Idol: Ídolos, membros dos grupos;
  • Bias: O integrante preferido de um grupo;
  • Bias Wrecker: O Bias que ganha a sua atenção sempre que aparece, seja pela forma física, seja pela beleza, seja pela voz, mas que não necessariamente é o seu ultimate;
  • Ultimate: O preferido dentre os preferidos. Pode ser usado como Bias Ultimate ou Grupo Ultimate;
  • Maknae: Membro mais novo de um grupo ou de uma família;
  • Hyung: Expressão de respeito aos membros mais velhos que você;
  • Stan: São os fãs de uma agência específica (e de todos os artistas dela);
  • Big Four/Big 4: É como são chamadas as quatro maiores agências do mundo do entretenimento coreano, a SM Entertainment, a YG Entertainment, a JYP Entertainment e a Big Hit Entertainment, que dominam a indústria do Kpop, há anos;
  • Debut: Estreia oficial de um grupo ou Idol no Kpop;
  • Comeback: Lançamento de uma música ou álbum novos;
  • Dance Practice: São vídeos em que os artistas mostram sua habilidade na dança, enquanto treinam a coreografia de MVs ou performances;
  • MV: Music Videos ou Videoclipe da Música;
  • Rookie: Grupos e artistas novos;
  • Fanbase: Base de Fãs, fã-clubes;
  • Fandom: Nome do fã-clube de um grupo ou idol;
  • FanCam: Vídeos gravados pelos próprios fãs em shows, eventos, programas, muitos gravados até em 4K. Algumas fãs conseguem vender seus materiais para a Empresa/Gravadora e se tornam 'oficiais', mas nem sempre que acontece;
  • Fanmeeting: Eventos em que os idols encontram fãs, dão autógrafos, tiram fotos,  participam de gincanas, jogos no palco, fazem algumas apresentações, etc;
  • Fansigning: Quando são eventos exclusivos para autógrafos;
  • Fanchant: Gritos (versos) coordenados do fandom nos shows, fanmeetings e outros eventos. Geralmente, os "versinhos" são os nomes dos integrantes e são cantados para se adaptar às letras das músicas. Como os MVs são lançados antes do Comeback Oficial, são "combinados" com o fandom todo, para que todos participem juntos, no momento exato (momentos estes em que não tem letra cantada pelo grupo);
  • Lightstick: Lanternas com as cores oficiais do grupo utilizadas nos shows, geralmente, controladas por bluetooth e que custam o olho da cara, mas como são lindas e super bem personalizadas, você não liga de 'vender um rim' para ter um;
  • Concert: São os famosos shows dos grupos. Geralmente, quando é turnê, são gravados e viram DVDs;
  • Showcase: Amostra de grupos sobre projetos futuros, geralmente álbuns. É um show que os artistas apresentam algumas das músicas que estarão no próximo trabalho;
  • Hiatus: Quando um grupo entra em hiatus, eles estão em uma pausa temporária prolongada. Geralmente, por conta de incompatibilidade de agendas ou serviço militar obrigatório, coisa que deixa os fãs inquietos e a espera do tempo passar correndo;
  • Disband: quando um grupo se separa por algum motivo. É geralmente o fim de um grupo;
  • Unit/Sub-Unit: Quando alguns membros de um determinado grupo lançam um álbum à parte, sem conexão com a Discografia do grupo principal, como as Units do EXO, do NCT e da SM;
  • Super-Unit/Super-Grupo: Quando membros de vários grupos se juntam para criar um novo grupo, como o caso do SuperM;
  • Solo: Quando integrantes de um grupo investem na carreira solo, algumas expressões são usadas, como Debut Solo, Album Solo, falência duplamente qualificada dos fãs, etc;
  • Single: Música principal de um álbum;
  • Tracklist: Lista das Faixas de Músicas de um Álbum;
  • Single Album: No Japão, um álbum de apenas uma ou duas músicas e suas versões instrumentais, dos quais fãs compulsivos e colecionadores esperam 4 meses para o produto chegar de navio, porque o frete de avião é um absurdo e, geralmente, é taxado na alfândega;
  • Mini-album: Álbuns pequenos com poucas faixas de músicas, que deixam os fãs pobres e com gostinho de "quero mais", geralmente precedidos por um album full ou album repackage;
  • Album Full: Álbuns completos, com mais faixas musicais  (5, geralmente), que a gente compra, mesmo falido(a), só pelo photobook, photocard e pôster;
  • Album Repackage: Álbum repaginado, com novos photobooks, photocards, pôsteres e acréscimo de músicas, vendidos para quem achou que não podia ficar mais pobre;
  • Photobooks e Photocards: Livros e Cards de Fotos, respectivamente, que vêm geralmente nos Álbuns, mas podem ser vendidos separadamente por fãs para quem faz coleção, mas não gasta com CD, porque ouve tudo no Spotify e outras plataformas de músicas;
  • Goods: Materiais oficiais criado pela Empresa/Gravadora, que podem ser pins, canetas, camisetas, objetos decorativos, adesivos e outros, vendidos separadamente, só para ter certeza absoluta da sua falência financeira e moral;
  • Season's Greatings: Pacote de final de ano dos grupos, com calendários, agendas e outros goods personalizados e limitados, para você usar durante o ano todo e lembrar que gastou mais com o frete do que com o produto em si;
  • FanGirl/FanBoy: Fãs excessivas que sabem tudo sobre os grupos e/ou idols. Geralmente, é um termo usado de forma um pouco pejorativa, mas aceitável;
  • Sasaengs: Fãs stalkers obsessivas e obcecadas pelos(as) idols, que invadem a privacidade deles(as), seja para divulgar informações, seja para monitorá-los ou, pior ainda, por prazer. São fãs capazes de tudo para ganharem a atenção dos(as) idols que "amam", por pura possessividade, ultrapassando o limite do bom senso. Muitos(as) sasaengs são odiados por outros fãs e ignorados pelos(as) Idols. Geralmente, também vendem "fofocas" para revistas de tabloides, ou seja, são abominadas em qualquer fandom decente;
  • Hate e Bullying: O que grupos e idols sofrem, muitas vezes no Twitter, quando "saem do padrão da perfeição" estipulados pelos(as) próprios "fãs". Não é preciso muito, por exemplo, basta admitir um namoro;
  • OT: One True (número original) de integrantes do grupo. É comum verem "OT5" para SHINee, "OT12" para o EXO, etc, e quem coloca um número inferior, é visto como "fã falso", geralmente denunciado. Estes fãs, quando diminuem o número oficial, é como se dissessem que algum integrante devia sair do grupo, criando hate e até abaixo-assinado pela sua expulsão, ou simplesmente não consideram um integrante como parte do grupo, ou seja, coisa de gente mesquinha (pronto, falei);
  • OTP: One True Pairing (um par verdadeiro), shippe de casais em um grupo específico, sem muito fundamento. Funciona mais para a criação de Fanfics e danças performáticas no palco, que nunca vou entender porquê as coreanas acham atraente;
  • Aegyo: É aquela estética mega fofinha coreana altamente feminina, comum nos filtros de stories que eles usam e nas fotos com o símbolo da paz e 'corações de dedinhos' e orelhinhas de pelúcia, que os idols até sentem "vergonha-alheia", mas fazem assim mesmo para gente achar super fofo;
  • Saranghae e Bogoshipda: Eu te amo e saudades, respectivamente, em coreano. Apenas um mimo, aqui, pra não cansar;
  • Selcaday: Um dia do mês, geralmente escolhido pelo dia do debut do grupo ultimate, usado para postar uma releitura de uma foto sua com a do seu bias ultimate, lado-a-lado com a hashtag respectiva do grupo e do evento;
  • Fighting: Uma expressão que, na Coreia, significa "Força! Vai dar tudo certo" ou "Força! Continue lutando";
  • Daebak: Significa “grande sucesso”! É usado para desejar sorte e sucesso a um artista ou grupo.
  • Hallyu: Também conhecida como korean wave, ou onda coreana, é a palavra usada para descrever o crescente sucesso da cultura coreana no mundo, usado também na expressão "Dono da Hallyu todinha";
  • CF: sigla para "commercial film" (filme comercial), ou seja, vídeos preparados pelas agências para veicular no formato televisivo, ou campanhas de marketing estreladas pelos artistas.
  • Trot version: quando um grupo faz uma versão engraçadinha do seu próprio hit;
  • Cover: quando um grupo "regrava" ou "apresenta" a sua versão de uma música que não são deles ou quando fãs fazem covers das coreografias dos grupos, divulgando o seu trabalho na internet e participando de eventos e competições do gênero;
  • NG: sigla de "no good" (nada bom), se refere a quando um take (um trecho de vídeo) não dá certo, seja por um blooper (erro de gravação) engraçadinho ou algum erro técnico;
  • All-kill: é quando um grupo consegue uma música na primeira posição de todos os charts online da Coreia, ao mesmo tempo.
  • Jib: o jib é um álbum! A expressão funciona colocando o número do álbum na frente, seguindo a ordem cronológica de lançamento, assim: 1jib é o primeiro álbum do artista, 2jib é o segundo, e assim por diante. 
  • Jjang: a expressão que significa “o melhor”, usado geralmente para dizer que determinado grupo é o melhor.
  • Netizen: a palavra é uma junção de Internet com citizen (cidadão), e faz referência aos “habitantes” da internet! Os netizens são as pessoas que, geralmente, fazem comentários e interagem com as publicações online, nas redes oficiais dos grupos;
  • Lysn: Aplicativo dos Fã-Clubes oficiais da SM Entertainment;
  • Ace Members: Membros pagantes no Lysn que recebem desconto nos produtos do fã-clube, notificações de eventos, shows e suas respectivas vendas de ingressos, antecipadas;
  • Bubble: Canal pago de chat direto com o Idol dos grupos da SM.
  • Naver: Site de notícias e vídeos sobre o mundo do Kpop e dos doramas, 
  • VLIVE: Site e aplicativo para ver vídeos de Kpop e entrevistas.

E é só tudo isso, por enquanto, pessoal!


Não, pera...
Melhor gif não há.
Este texto é de minha autoria e foi publicado, primeiramente, na SNEWS Fanbase • BR.

Espero que gostem! 
Até a próxima!!!

domingo, 10 de janeiro de 2021

APRESENTAÇÃO | O que é Jrock, Jpop e Cpop?


Hoje, falaremos sobre uma outra parte da cultura asiática, pouco conhecida pelos brasileiros: Jpock, Jpop e Cpop. Mesmo sendo bem intuitivo, por se tratar da mesma origem da sigla do Kpop, vou iniciar minha primeira postagem, fazendo uma pequena introdução do que devem esperar de mim, por aqui.

sábado, 19 de dezembro de 2020

ESPECIAL | TOP5: Filmografia e curiosidades - Kim Woo Bin


Annyeonghaseo (안녕하세요), dorameiros(as) apaixonados(as) por este mundinho asiático... Todos nós temos nossos atores e atrizes favoritos, mas este mês vamos falar de, ninguém mais, ninguém menos, este docinho de côco com abóbora: Kim Woo Bim. Com 1,88m de pura doçura, um sorriso de tirar o fôlego e um olhar sensual de deixar qualquer menina com delírios noturnos, nosso pudinzinho Kim Hyun-Joong (Kim Woo Bin) nasceu no dia 16 de julho de 1989. Hoje, com 30 anos, tem um currículo de dar inveja: 

"No curso de atuação, encontrei-me sentindo a mesma emoção e entusiasmo que eu senti a primeira vez que passei a andar sobre a passarela"

Estreando como modelo, em 2009, para coleções prêt-à-porter e no Seul Fashion Week, foi convidado a participar de comerciais. Decidiu, então, fazer um curso de atuação para melhorar como modelo. No entanto, se descobriu apaixonado pela arte de atuar.

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

ESPECIAL | Lee Jong Suk

안녕하세요 Amigas dorameiras! Se você é daquelas que curte um pãozinho doce com cobertura cremosa, está aqui o seu momento.. Pensando em uma amiga que é mais apaixonada que eu, resolvi falar, hoje, do nosso querido Sukinho, Lee Jong Suk. Um rapaz deliço de 1,86m e uma boca incrivelmente sexy, que faz babar a mais distraída das moças. - queria eu, uma boca dessas no meu cangote!



sexta-feira, 12 de junho de 2020

KDRAMA | The King: Eternal Monarch

The King: Eternal Monarch marca a volta do Lee Min Ho nas telinhas. E isso é importante por quê? Porque meu primeiro Oppa, nesse mundo dorameiro, foi Lee Min-Ho. Não é a primeira vez que resenho um dorama dele. Só aqui no site, tenho resenhado Boys Over Flowers (que, oh glória, voltou para a Netflix) e The Heirs (que chegou recentemente, amém). Considero o Lee Min-Ho um ator excepcional - e me desculpe se você não. - Mas, minha amiga Renata não me deixa mentir. Okay, surtado esse tanto, vamos ao que interessa.
Depois de City Hunter, Personal Taste, The Legend of The Blue Sea, Lee Min-Ho serviu o exército e o seu retorno foi motivo de euforia em Hallyu todinha.. - Porque, para quem não sabe, ele é dono dela todinha! Lembro de comemorar como se eu tivesse ganhado na loteria, mas deixemos a vergonha alheia de lado, porque com o Onew eu vou surtar ainda mais.. - O fato é que, preciso dizer: Meus amores, eu fico preocupada com meus Oppas servindo o exército sul-coreano, com aquele loucão no andar de cima, mas esse raio de serviço obrigatório só fez bem ao Lee Min-Ho! Vamos aos fatos: Ele voltou mais encorpado, com mais cara de homão da porra, com rosto de gente adulta bem vivida e com sede de fazer um doramão pra ninguém esquecer. E não é que ele conseguiu? Veio com The King: Eternal Monarch, sentado num cavalo branco, meio que convidando qualquer mulher sonhadora a galopar com ele (com, e não nele, tá?) e a acreditar, novamente, em Contos-de-Fada.
É, eu não brinquei com o lance do cavalo branco. Ele, realmente, vem ao nosso encontro, em cima de um, parecendo um príncipe encantado... Devaneios à parte, - e tentando tirar da minha cabeça o funk do "senta no cavalo só pra levantar o rabo"vamos logo para a Sinopse, antes que eu diga mais besteira.


Gênero: Romance | Mistério | Ficção
Episódios: 16
Exibição: 2020
  • • Sinopse: Lee Gon (Lee Min-ho), um atual Imperador do Reino da Coréia, tenta atravessar a barreira para uma realidade alternativa, onde a República da Coréia existe no lugar do Reino. Ele se depara com a detetive Jung Tae-eul (Kim Go-eun), que ele parece já reconhecer de um crachá que ele obteve durante o momento mais triste de sua infância: o assassinato de seu pai. O meio-tio de Lee Gon, Lee Lim (Lee Jung-jin), que assassinou o rei anterior, Lee Ho (pai de Lee Gon), está escondendo e montando exércitos enquanto percorre os dois mundos paralelos.

Paginação numerada



Subir