Aviso!

ATUALIZAÇÃO em: 03/03/21

Vamos passar por uma reformulada no Layout em breve e aí, todas as postagens que estão com probleminhas de chá de sumiço de imagens e partes do texto, vão finalmente ressurgir das cinzas como uma fênix. Também estamos vendo nossas artes, principalmente as logos usadas por nós, em produtos comerciáveis e gostaria de pedir que não roubem as imagens do site, pois todas foram compradas para serem únicas e exclusivas. O logo, a edição das capas, tudo. Se virmos espalhadas por aí, vamos processar, porque temos direito de imagem sobre elas, agora, tá? Beijos de luz!

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

KDRAMA | Nevertheless

Olá, amantes de "mais um episódio e eu já durmo"! A resenha de hoje é de um dorama que, infelizmente, não é muito falado por aí, mesmo tendo motivos suficientes para ser aclamado. Trata-se de "Nevertheless", ou "Apesar de tudo, amor", como está no catálogo da Netflix. Ao som de Legião Urbana - "Você me veio como um sonho bom. E me assustei. Não sou perfeito!" - inicio essa resenha dizendo que Nevertheless foge um pouco dos kdramas que as dorameiras estão acostumadas e talvez isso justifique a baixa indicação dele pelos grupos afora. É um dorama indicado para um público acima dos 15 anos, contém cenas de preliminares sexuais, beijos picantes e ardentes, e uma boa dose de romance e drama. Para quem buscava por algo menos inocente nos kdramas, Nevertheless é um prato cheio. Vamos à Sinopse!


Episódios:
10
Gênero: Romance | Drama
Ano: 2021
Classificação Indicativa: 
+15 anos
Onde Assistir: Netflix | Drama Fansub | Magic Dramas

  • Sinopse: Park Jae Eon acha o namoro uma perda de tempo, mas gosta de flertar. Mesmo sendo amigável e alegre com todos, ele não persegue os outros. Park Jae Eon é um mestre dos relacionamentos vazios e sem profundidade, e não se deixa levar pelas emoções. Jae Eon traça limites firmes entre ele e as outras pessoas e não revela como se sente. No entanto, quando Park Jae Eon conhece Yoo Na Bi, ele quer cruzar essas linhas. Yoo Na Bi quer namorar, mas não confia no amor. Depois de uma experiência amarga com seu primeiro namorado, ela não acredita mais no destino. Quando ela conhece Park Jae Eon, ele tem um efeito mágico sobre ela que desafia a decisão de Na Bi de permanecer indiferente.
Nevertheless foi baseado em um webtoon chamado "알고있지만" - aham, altamente esclarecedor, eu sei - que romanizado lê-se "Algoitjiman" e traduzido, "I know, but" (Eu sei, mas)... O webtoon escrito por Jeongseo tem 40 capítulos e tem uma avaliação média dos leitores ė 9,9. Já o kdrama, resumiu a estória em 10 episódios, o que não fez perder a essência, nem tampouco deixou quaisquer lacunas.


Devo dizer que não sou muito entusiasta das traduções dos títulos, porque a julgar pelo que acontece com os americanos, destoam quase sempre muito do original. Já a julgar pelas traduções literais no Viki, podemos encontrar títulos como "Para a bela você" (To the beautiful you - primeiro kdrama estrelado pelo Minho do SHINee) e, para piorar, a julgar pelos títulos da Netflix, sempre é muito mais diferente do que como ele é conhecido, principalmente quando o assunto são os doramas (The Heirs vs. Inhoritors, por exemplo).

Mas, não foi o que aconteceu com Nevertheless. Sinceramente, achei uma tradução bem poética e orgânica, não só pelo gênero do drama, como para a estória em si. Entre "No entanto" e "Apesar de tudo, amor", convenhamos que o segundo soa bem mais sedutor. Isso também se estende aos nomes dos episódios, e estes, sozinhos, já contam uma estória profunda, o que sinceramente me encantou de primeira:

01 - Destino não existe. Apesar disso...
02 - Não sou a única. Apesar disso...
03 - Já começou. Apesar disso...
04 - Sei que não é amor. Apesar disso...
05 - Sei que nada vai mudar. Apesar disso...
06 - O amor não existe. Apesar disso...
07 - Sei que não tem volta. Apesar disso...
08 - Sei que é mentira. Apesar disso...
09 - Sei que acabou. Apesar disso...
10 - Apesar disso, eu ainda...

Longe de querer ser a pessoa que vai mandar um monte de spoiler na fuça e ser a estraga prazeres - afinal, Nevertheless é um kdrama que deve ser apreciado e sentido - preciso dizer que a profundidade da estória não está, apenas, no nome do episódio, mas em como ela é contada durante 1h de cada episódio e com tantos casais secundários, além do principal. Por este motivo, vou abandonar meu lado 'porraloka' ao resenhar este kdrama, porque de fato o finalizei pensativa, não cabendo muitas piadinhas para o nível da filosofia da qual fui nocauteada.


Enredo


Nevertheless é uma estória encantadora, sedutora e profunda. Fala sobre a simbiose das relações amorosas. Não a recomendo para quem é adepto do estilo de vida sob o qual os participantes de 'Brincando com o Fogo' iniciam o programa. - Embora o objetivo final do reality seja o mesmo, - Nevertheless traz com exemplos poéticos a necessidade de aprofundar as relações, criar conexões sólidas e emoções verdadeiras, enfatiza a importância de uma intensidade e uma sintonia, além de dar aquela cutucada homérica nos relacionamentos tóxicos

A estória é narrada em primeira pessoa e alterna entre os protagonistas. Primeiro a visão dela, depois a dele. No primeiro episódio, a nossa protagonista Yoo Na Bi (Han So Hee), faz relatos de seu primeiro namoro e logo de cara, já nos damos conta de que se trata de um relacionamento abusivo. - Nevertheless me fez querer falar sobre o tema. Um feito e tanto! E cá estou.

"Às vezes, aquilo que você vê não é a realidade. [...] É a mesma coisa quando você se apaixona. Parece que você é a pessoa mais especial do mundo. Nem parece real. Seu coração fica acelerado. [...] O que é o amor? [...] Um dia eu acreditei que era especial. Eu estava confusa sobre a sinceridade dele. Já faz um tempo... eu descobri a verdade, em um momento inesperado. Sendo sincera, no fundo, eu já sabia. [...] O amor é pisoteado e depois desaparece. Se transforma em nada!"

Como o drama é contada dentro de uma Universidade de Artes e todos os personagens são artistas, seu então namorado a retrata em uma escultura, dando seu nome à obra. O problema é que a escultura ilustra eroticamente uma posição sexual, o que nitidamente a deixa constrangida, uma vez que sua intimidade está exposta numa galeria de artes. E, pelo fato de levar o seu nome e as pessoas questionarem o porquê do título, fica claro que esta é, na verdade, a visão que ele tem dela e de seu relacionamentoa total insensibilidade pelos seus sentimentos e sua intimidade conjugal. Não demora muito para que ela descubra que, além de ter sido ridiculamente exposta na frente de todos os admiradores da galeria, ele ainda a trai. Não por menos ela desiste de acreditar no amor.


"Eu sempre fico satisfeito em manter uma certa distância num relacionamento! [...] Uma distância que seja perto o suficiente, mas não tão perto que a gente possa se machucar."

Já o Park Jae Eon (Song Kang), protagonista principal, embora seja extremamente sedutor, não se aprofunda em nenhuma relação. Mas, diferente de todos os cafajestes retratados nesse tipo de gênero, ele é delicado, vive intensamente o hoje e o agora, e a trata com respeito. Seu "único defeito" é não ter responsabilidade emocional, nem consigo mesmo. Ele, claramente, demonstra bloqueios afetivos e não fala muito de sua vida para ninguém. Até que, em dado momento, começa a ficar cansado de ser o que é: superficial. E o drama retrata, justamente, essa mudança em sua personalidade, enquanto tenta relatar a parede de gelo que se criou no coração da Yoo Na Bi. - Não preciso dizer que amei a intensidade de todas essas nuances de personalidades, né?

Em um contexto artístico - e, de novo, poéticoNevertheless traz leveza e delicadeza ao relacionar o conceito de amor à metáfora da borboleta. De maneira geral, a borboleta é considerada um símbolo da transformação, afinal, dos animais, é o que sofre a metamorfose mais completa e gradualEntre suas representações, está a alegria e a liberdade. No drama, representa a beleza dos sentimentos puros existentes entre os protagonistas, que apesar de inseguros, temem em abandonar a atração e a conexão que os unem. Por outro lado, retrata a liberdade subjetiva, como uma borboleta enclausurada, uma referência aos indivíduos em uma relação onde compartilham igualmente os sentimentos, o apoio e companheirismo construído, mas cuja a falta de comunicação e franqueza entre o casal pode impedir que o relacionamento se desenvolva de maneira saudável.



Conclusão


Quanto aos outros personagens e casais secundários, por ser um kdrama de poucos episódios, melhor deixar que vejam e julguem por si mesmos. Não quero estragar a experiência. O que me cabe dizer, aqui, é que super recomendo este kdrama, principalmente a todos que, alguma vez, já tiveram o seu coração partidoLendo depoimentos, assistindo realitys, vendo amigas próximas, conhecendo pessoas e me olhando no espelho, percebo que situações parecidas podem transformar pessoas de maneiras diferentes. 

E, de certa forma e correndo o risco de generalizar demais, me parece que grande parte das pessoas que sofreram uma decepção amorosa recorrem a um estilo de vida mais livre, mais casual e muito menos emocional. No fundo, o que precisam é saber lidar com seus sentimentos, sejam eles bons ou ruins. Se fechar, momentaneamente, faz até bem para se preservar, aprender a selecionar melhor e sobretudo a gostar da própria companhia, mas criar um bloqueio e desacreditar no amor ou generalizar as desilusões a todas as outras pessoas (ou gênero) não é nada saudável. 

Acredito que a maneira com que lidamos com essas decepções é o que nos fazem ser o que somos, hoje. Mas nada é para sempre. Nossos pontos de vistas, nossas formas de ver e viver o mundo, de sentir... tudo teve um começo, um meio e pode ter um final. Basta querer... 

Um outro ponto, também trazido pela estória de Nevertheless, é a busca pela inspiração artística através das emoções e como os nossos sentimentos influenciam em tudo na nossa vida. Este ponto é altamente retratado na relação da Na Bi com a sua arte, desde a constante busca de inspiração à escolha do nome de sua obra. Todos os detalhes, as nuances, formas e ideias... vale apena acompanhar cada pedacinho do drama!


.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

~• ONDE ASSISTIR •~

.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

Enfim, são muitas as conclusões e lições que podemos tirar de Nevertheless, mas só assistindo para sentir essa profundidade que a estória é capaz de proporcionarEspero que também gostem de imergir e filosofar! Que tal nos comentários, abaixo?

~Rackys

Do Atari ao PS4, superando o vício em Guitar Hero II e migrando para "drogas" mais fortes: os Doramas. Eles me transformaram numa maratonista devoradora e resenhista de dramas asiáticos, inicialmente em sites paralelos e, agora, com site próprio. Por influência dos doramas, meu vício evoluiu para o SHINee (através de Stand By Me em Boys Over Flowers) e descobri que este, também, não tem cura. (SHINee Forever!) Mais recentemente, fui convertida ao SuperM e EXO, também. Sou Otaku de Naruto, fã de Nicholas Sparks, amante de séries teens, musicais, dança, ginástica artística e patinação no gelo. Achava que gostava da Marvel, até namorar um DCnauta. E não que eu tenha deixado de gostar dos heróis da concorrência, mas por ajudar no projeto do SnyderCutBR, acabei me familiarizando mais com a DC e com o Zack Snyder. Então, sim, agora até tenho um diretor favorito! E, por fim, embora pareça que não, eu juro que tenho vida social! Sou professora de educação infantil no "tempo livre" e namorada de alguém bem louco por me aceitar com essa rotina mais louca ainda, em "tempo integral". Ah, sim... de vez em quando eu durmo! Prazer! Sou Rackys.

11 comentários via Blogger
comentários via Facebook

11 comentários:

  1. Menina, sua resenha dá vontade de largar tudo o que a gente tá fazendo, pra ver o dorama, gente, que coisa mais linda! Eu amei esse nome, também. Eu adoror esse tipo de título, parece convite. Eu ainda não terminei a resenha, mas estou apaixonada. Dá vontade de largar o que eu tô fazendo e começar a ver.

    ResponderExcluir
  2. Sem contar que é como muitos relacionamentos atuais, tão tudo acostumadas com doramas cheio de romance e não conseguem inovar, eu particularmente amei.

    ResponderExcluir
  3. Aline Stapassoli Gomes15 de outubro de 2021 17:20

    Escrevi uma indicação muito bonita sobre esse drama. Mas todas as vezes que tentei postar ela lá no grupo de Doramas, não sei por quê, continuou saindo como um anúncio de venda. Às vezes ainda acontece… Então eu desisti. Mas, particularmente, eu amei o dorama!

    ResponderExcluir
  4. Lindo, romântico, perfeito, ameiiiii! ����❤️

    ResponderExcluir
  5. Eu amei e ao mesmo tempo passei raiva ��mais gostei ��

    ResponderExcluir
  6. Eu já falei que amo tuas resenhas? Uma leveza de escrita que só vendo (e lendo) hahaha

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei muito. Já queria ter assistido antes e foi uma surpresa ver na Netflix.

    ResponderExcluir
  8. Vou ver...obrigada pela explicação. Povo fala mal mesmo dessa série ����

    ResponderExcluir
  9. Eu achei muito bom e mais realista, saiu da mesmisse.

    ResponderExcluir
  10. Eu me encantei pelo dorama! A atuacao dos 2 protas foi sensacional! Alem de tratar desse tema, do romance, do desapego, da pregação e da liberdade sem compromisso. Tinha um pouco de tudo. E foi um encanto. A sua resenha só veio completar o que ja foi uma emoção assistir! Que venham mais resenhas Quel! Até a próxima!❣😘

    ResponderExcluir
  11. Eu achei que o prota não foi tóxico em nada, já que sempre foi mto específico sobre o que queria. E ela aceitou. Cobrava ele de uma coisa que ele nunca prometeu. Então, quem fala mal do drama é besta e/ou não entendeu a estória.

    ResponderExcluir

Deixem-nos saber o que achou do post! Comente aqui.

Todo site, quando desenvolvido com carinho, sem qualquer pretensão de lucro, espera algo em troca.
A única coisa que espero dos meus visitantes, além de gostarem do conteúdo, é comentarem nas postagens.
São estas pequenas coisas que não me deixam desanimar: saber que tem gente que acompanha, independente de concordar ou discordar de mim.
Então, se não for pedir muito, por favor, deixem umas blogueiras felizes! ^^

Paginação numerada



Subir