Aviso!

ATUALIZAÇÃO em: 04/08/20

Oi, gente, o servidor atualizou e, com ele, algumas postagens tiveram trechos que tomaram um chá de sumiço. Estou tendo de atualizar tudo, então se virem alguma coisa, podem comentar (usando uma conta Google) nos comentários dos posts, okay - que assim, sou notificada (porque quando comentam pelo face, não aparecem para mim, infelizmente). Ah! Algumas imagens também tomaram chá de sumiço e outras postagens perderam a formatação. Mas, com o tempo, tudo se ajeita, né...
Desculpem o transtorno!

domingo, 23 de junho de 2019

KDRAMA | I'm not a Robot

Olá, dorameiros de plantão, sedentos por mais uma indicação! Quem teve sua iniciação no mundo doramático no final de 2017, talvez já tenha se aventurado em I'm not a Robot porque essa história foi muito - mas, muito mesmo! Ao ponto de eu esperar todo mundo ver, para então eu iniciá-lo, para fugir e esquecer dos spoilers que rolavam! - comentada durante sua exibição, durante quase todo o começo de 2018!


E, contudo, preciso dizer que quando o pessoal quer contar spoiler sobre um dorama empolgante, não está nem aí para fotos, vídeos, memes de conversas reveladoras ou conteúdo do clímax e desfecho, nem mesmo às regras do grupo que participam cujos quais exigem sinalização. O pessoal sai distribuindo spoiler como quem entrega panfleto na rua, sem quaisquer preocupações, e às vezes, dois por vez. - Alô, EU DORAMAStamo junto!Felizmente, meu grupo nem existia na época, então não posso culpá-lo. Hoje, embora existam (com bem menos frequência que nos outros) spoilers diversos, pelo menos lá, meu grupo de moderação é bem ativo e trava muitos spoilers nos comentários e tópicos... Orgulhinho, aqui! Pra vocês, oh: S2 coreano !!!
O fato é que, como conheço algumas pessoas que jogaram essa história lá pro fim da lista gigantesca - que eu ajudei a criar, é verdade - vim aqui - de cara lavada, mas com medo de apanhar - tentar fazer com que a joguem, não necessariamente para o topo, mas o mais perto possível dos "talvez eu comece esse, quando eu acabar este aqui". Já seria mais justo com o drama! Então, sem mais delongas, vamos ao que interessa!


Gênero: Romance / Fantasia / Suspense
Episódios: 32
Exibição: 2017 / 2018


  • Sinopse: Kim Min-Kyu (Yoo Seung-ho) é herdeiro de uma empresa de sucesso ligada a investimentos tecnológicos, mas vive uma vida isolada devido a uma alergia severa a outras pessoas e a perda de seus pais em um acidente de carro. Ele desenvolve erupções extremas que se espalham rapidamente por todo o seu corpo, uma vez que ele faz qualquer tipo de contato com a pele de outra pessoa. Jo Ji-ah (Chae Soo-bin) é uma mulher que tenta fazer com que suas invenções sejam reconhecidas, pois quer seguir os passos de seu pai. A vida dos dois se cruzam quando Ji Ah é convencida pela equipe do seu ex-namorado, inventor da robótica de Aji-3, a se fingir de robô para ser treinada pelo Min-Kyu. 

Confesso que, quando comecei o dorama, não achei que seria tão bom. Falo isso porque a temática "robótica" não me atrai muito, mas a forma como foi trabalhada me encantou, foi bem satisfatória, então, cá estou eu, recomendando I'm Not a Robot para quem não viu, pra quem já viu e para quem quer ver de novo depois de ler minha resenha. - Falou a pretensiosa! rsrs - Mas, vamos ao que interessa!
A facilidade com que consegui ler o Kim Min-Kyu, mais do que qualquer outro personagem, é o que mais me impressionou. A atuação do Yoo Seung-ho está simplesmente fantástica! - O que colaborou muito com a minha empatia, é verdade. - Mas, a do Min-Kyu pequeno, também. - Meu Deus do Céu, o que essas crianças coreanas comem para serem tão bons atores, desde cedo?


A história começa com o Min-Kyu mostrando sua alergia aos oficiais militares, provando que ele não poderia servir no Exército devido suas reações por contato físico com outras pessoas. Já assim, de cara, vemos as erupções tomando parte do corpo dele numa rapidez impressionante e agonizante. Tudo, aparentemente, começou após o Min-Kyu perder os seus pais num acidente de carro e se sentir traído por seu melhor amigo, no dia da cerimônia funerária deles. A partir daqui, ele passa a viver sozinho e isolado do mundo. E extremamente carente, o que traz à série aquela pitada essencial de comédia - e vontade de ser uma almofada - ao dorama.


Quinze anos se passam e ele assiste um vídeo da empresa de tecnologia liderada pelo doutor Hong Baek Gyun (Uhm Ki Joon), que lhe oferece seu novo projeto: um androide que pode se comunicar perfeitamente, tem habilidades excelentes e, ainda, aprende conforme vai sendo treinado e alimentado pelo seu 'mestre'. O robô se chama Aji 3 e tem o rosto de sua ex-namorada: Ji-Ah.


Este projeto chama bastante atenção do Min Kyu, tanto pelo desconfiômetro ligado, afinal ele é muito inteligente, quanto pela primeira experiência com a Aji-3. Na visita à empresa do doutor Hong Baek Gyun, conheceu a Aji-3 e se impressionou com suas habilidades tecnológicas, mas uma coisa lhe chamou mais atenção. - Sabe aquela cena do filme ET: " ET, telefone, minha casa..."? Então... - No toque dos indicadores entre ele e a Aji-3, ele sentiu que com a robô, talvez, não fosse se sentir mais tão sozinho, então propõe treiná-la em sua própria casa, para se decidir sobre o investimento no projeto.


Como consta na descrição do drama no Viki, "inevitavelmente, todo mundo se magoa em algum momento de sua vida. Há diferentes remédios para diferentes tipos de machucado, e conforme o tempo passa, esses remédios começam a perder o efeito. Esta é uma história sobre um homem que criou um escudo para seu coração partido. Desde o dia que seu coração se partiu, ele tem vivido em isolamento. Um dia, ele encontra um ser como nenhum outro, e ao interagir com ele, ele lentamente descobre como sair do isolamento". E este ser, como já disse, nada mais é do que a Ji Ah, a ex-namorada do professor (doutor Hong Beak Gyun).
Usando como justificativa para entender porquê o namoro entre os dois acabou - e, aqui, confesso que tiveram momentos em que eu só olhava para a tela e dizia: "Cara chato da porra, supera, meu filho!", antes de aprender a gostar do personagem. - ele decide usar o seu rosto como modelo para a Aji-3, sem avisá-la. Precisando enviar o robô para a casa de Min-Kyu, mas sendo impedido por um contratempo, Beak Gyun entra em contato com Ji Ah, pedindo que, temporariamente, ela se passe pela Aji-3. Como suas invenções não estão recebendo a devida atenção e, precisando de dinheiro, ela aceita o trabalho e é levada para a casa de Min-Kyu.


Muitas cenas de treinamento e interação entre o Min Kyu e a Ji Ah são hilárias! - Porque você sabe e eu sei que ela não é uma robô, mas ele não se deu conta disso. - E é com Ji Ah se passando pela robô que Min Kyu, aos poucos, enxerga nela uma amiga e alguém em quem ele pode confiar e abrir seu coração. O relacionamento deles vai evoluindo e eles se apaixonam, e eis que a história dá lugar ao romance entre um humano desesperado por ter se apaixonado por uma robô e uma mulher que não pode contar a verdade para o homem que ama, por medo dele ter um choque anafilático, capaz de matá-lo. As cenas que se seguem são as mais lindas, fofas e angustiantes que você pode pensar. 

"Há uma coisa que o meu pai sempre costumava dizer: "Uma pessoa é o suficiente. Alguém consegue sobreviver a qualquer coisa contanto que tenha uma pessoa". Todos lutamos para encontrar essa pessoa. Esperamos que sejam únicas em nossas vidas... esperamos ser alguém importante para ela, também, e que sejam as estrelas a iluminar o nosso caminho. É possível... que já seja essa pessoa para alguém".


Aí você me pergunta: Como que ele não reparou que ela era um robô se era tão inteligente? Vamos lembrar, primeiro, que o dorama é de fantasia. Não concordo com quem diz que ele era bobinho, até porque, me colocando no lugar dele, alguém que não viveu 15 anos próximo a outros humanos, aparecendo na empresa esporadicamente e exigindo que ninguém o visse ou se aproximasse, abraçando almofadas no ápice da carência, desconfiando de pessoas que lhe foram próximas, um dia, e com medo de um toque humano, vive uma vida de merda, certo? Quando ele toca uma robô e depois uma humana, acreditando que ela é a mesma robô, acho natural, por conta de sua alergia não ter reação ao toque, que ele pensasse ser verdade. Não é difícil perceber que, enquanto ele acredita que ela é uma robô, ele se sente curado. - E, antes de soltar algum spoiler, as cenas seguintes me provam que sua alergia era psicológica.



O dorama trabalha mais do que o bom e velho romance, trabalha a amizade e as emoções mais sinceras, puras e doces que alguém pode ter, principalmente alguém que, por muito tempo, involuntariamente, teve de se isolar do mundo. Além de tudo isso, temos um enredo com um pouco de suspense referente ao Min Kyu e sua empresa.
Desde pequeno, Min Kyu desconfia de que os sócios de seu pai são seus inimigos. Ele recebe ajuda de uma pessoa desconhecida que se denomina "Madame X" que lhe dá dicas e informações, não só do seu passado, mas como de sua empresa. E deste momento em diante, todas as suas ações se baseiam naquilo que descobre através da Madame X. Quem é ela? Eis uma boa pergunta.


O que se pode esperar de I'm not a Robot, ainda? A quantidade de objetos relacionados ao casal de protagonistas que, comparados a outros doramas que geralmente trazem um objeto "de recordação", nos traz quatro: o guarda-chuva, o urso de pelúcia, o colar e uma luminária de coração. - Não vou mentir, quero todos. - ... altos beijos, (sim, sim e sim. Beijos que nem parecem ser de doramas) - Ouvi um amém? - um protagonista de QI 157 reiniciando uma falsa robô de QI 94 - Uma das poucas cenas mais lindas que vi e que me arranca mais suspiros e choros - e uma atuação fodástica do Yoo Seong Ho e da Chae Soo Bin, porque francamente mostrar os sentimentos e o desespero em cada gesto e olhar como ele faz, não é para qualquer ator. E, também, fazer uma robô 'dura', uma mulher fingindo ser robô (mais solta), e ela sendo ela mesma, (3 em 1) também não é para qualquer atriz. Juntos, têm uma PUTA QUÍMICA! Só vendo para entender o capslock, aqui.


Finalizo dizendo que os sorrisos do Yoo Seong Ho são simplesmente perfeitos e que enquanto eu via I'm not a Robot, tive vários momentos em que quis entrar na história para abraçá-lo, beijá-lo, dar carinho e fazer dele o meu Oppa Supremo. - Só porque sim.
Não é a primeira vez que eu assisto I'm not a Robot e digo mais: Assistiria muitas vezes mais... Super recomendo! ^^ 

************************************** ONDE ASSISTIR **************************************

• Viki •

~Rackys


Do Atari ao PS4, superando o vício em Guitar Hero II e migrando para "drogas" mais fortes: os Doramas. Eles me transformaram numa maratonista devoradora e resenhista de dramas asiáticos, pelos sites Eu Insisto, Uma Dose de Dorama, Kai nos Doramas e Teoria Geek, e agora, com site próprio EU♥DORAMAS! Por influência deles, me viciei em SHINee (kpop) e descobri que não tem cura. Mais recentemente, fui convertida ao SuperM e EXO, também. (Amém!) Além destes projetos, fui otaku de Naruto, fã de Nicholas Sparks, amante de séries teens, musicais, de dança, ginástica artística e dança no gelo. Atualmente nooba em PvP e admin do grupo EU♥DORAMAS no Face e ajudante no fórum da Fansub de mesmo nome. Me aventurei na vida de subber para uma Fanbase de Legenda: a SuperMsubBR. Mas, meu coração continua shawol pra todo o sempre e MVP de carteirinha, embora Flaming tracker me afronte. E, por fim, juro que, embora pareça que não, tenho vida social! Tanto que sou professora de educação infantil no "tempo livre". Prazer! Sou Rackys.

20 comentários via Blogger
comentários via Facebook

20 comentários:

  1. Se eu não tivesse visto esse dorama, depois dessa resenha top, onde vc transmite tao bem as suas reacoes e sentimentos eu já ia correr para assistir e furar a fila da Lista SEM FIM 😂!! Esse foi um dos doramas mais fofos que tive o prazer de ver. Como vc citou, tbm não tinha me atraído esse tema robótico. Tinha tanto dorama na lista que pensei que não ia rolar. Mas rolou e com gosto. Simplesmente fantástico, uma química perfeita desses dois atores de primeira classe. Cenas emocionantes que me fizeram chorar de soluçar😥 e cenas de romance que pirei 😍. Sabe que sou fã das suas resenhas! Parabéns por mais 1.😘

    ResponderExcluir
  2. AI MEU DEUS! Como faz agora, depois de ler essa resenha maravigold, pra não largar tudo e sair correndo pra ver esse dorama? Pra ser sincera, ele estava na minha lista por causa dos beijos, que ja tinha ouvido falar que são de suspirar. Mas nunca tinha lido nada a fundo sobre ele. E agora que li, estou desesperada, aflita, agoniada e ansiosa, tudo ao extremo, pra assistir isso.
    Não sei se te agradeço ou fico brava rsrs.
    Excelente resenha!!! Vou tomar um suquinho de maracuja pra me acalmar e não atropelar o dorama em andamento, mas esse muito provavelmente sera o proximo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quase 5 meses depois, finalmente chegou a vez dele. Ainda estou no episódio 9, mas já encantada com a química entre os dois, a carência colossal dele (nem me identifiquei) e a evolução dela no disfarce. Ansiosa pro que vem a seguir.

      Excluir
  3. Ahhhh essas resenhasque vc faz Raquel de tão otimas faz a gente imaginar a história e parar tudo pra assistir ... ro ferrada com a minha lista infinita... e feliz por estar ferrada. Obrigada pois vc tb é parte disso ❤

    ResponderExcluir
  4. 🥰🥰 As suas resenhas me deixaram apaixonada por esse Dorama! O casal protagonista é conhecido pra mim,gosto deles e então adicionei na minha lista. Mas só de ler sua resenha,e saber que esse Dorama é tão fofo e lindo ,me faz querer ver logo!Não posso furar a fila mulher kkkkk

    ResponderExcluir
  5. Só não assisto mais uma vez, pq a mh lista é meio grandinha. Mas concordo com td que vc disse, principalmente a parte de querer entrar no drama e abraçar, beijar e roubar o Oppa kkkk.
    S2 coreano pra tu tbm que lembrou da sua excelente equipe de Moderação ❤️.
    Como sempre, ótima resenha!!!

    ResponderExcluir
  6. Olha eu aqui de novo, lendo a sua resenha e dizendo que fiquei com vontade de assistir o dorama, tão clichê, hahahhaha
    Mas dessa vez eu cumpri já estou no ep 4 e estou amando, obrigada por mais uma indicação e pelo tempo que vc gasta escrevendo para nós, acompanhar seus textos e resenhas para mim é bem empolgante, é como esperar o próximo capítulo de uma série que vc está acompanhando, você sempre pensa o que esta está vir, continue assim!!! Bjs Aline😘

    ResponderExcluir
  7. Pensa numa pessoa que leu num cagaço de ler algo que não deveria porque não terminou o dorama?! Aliás, precisamos resolver isso. I'm not a robot é tudo isso e um pouco mais, ele te prende de uma forma que não dá pra explicar, os protagonistaz têm uma química INCRÍVEL e me fazem sentir o frio na barriga digno de quando o dorama é bom.
    Yoo Seong Ho!!! Se eu ver na rua eu sequestro aquele homem e não peço resgate, que sorriso meu Deus que atuação, que homem Brasil, que homem!
    AH me coração não aguenta, tudo o que digo a quem ainda não viu, é veja, se Raquel recomenda, vai na fé e se alimenta porque é bom na certa, só confia e vai!
    Não vejo a hora de terminar meus doramas, em abstinência, não vejo a hora de ver esse dorama finalizado e aquele gostinho de *foi bom enquanto durou*, ou *vale começar de novo?*
    Parabéns pela resenha, eu amei 😍

    ResponderExcluir
  8. Impressionante como suas resenhas tem o poder sobrenatural (kkkk) de fazer meus doramas da lista subirem até o topo. É como se as resenhas fossem o “doping” e os doramas correm feito loucos pra chegar ao primeiro lugar! Esse com certeza será um dos próximos, tamanha a curiosidade. Só vai demorar um tiquinho, pq ninguem mandou vc resenhar um outro dorama de 72 episodios (Love, Now) e me fazer ficar fascinada com ele
    Parabens por mais uma resenha-doping feita com sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Ana, não sei se me sinto lisonjeada ou culpada, mas o fato é que esse dorama merece uma atençãozinha especial, porque este oppa, meu DEUS do céu, é a coisa mais deliciosa que você vai ver. E, vai ficar em dúvida entre ele e o George Hu, viu? O sorriso deste aqui, me ganha fácil! Mas a atuação dele, cara… olha, não tem pra ninguém! Por mais que tenha sido ficção, ele demonstrou sentimentos tão reais, que até te fazia acreditar na sinceridade dele. Lindo demais!! Vai curtir. ^^

      Excluir
  9. Valeu a dica. Amo doramas e esse aí superou minhas expectativas. Super indico e que resenha bem feita, parabéns!!…

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre expectativas, eu também me surpreendi bastante! Como eu disse, robótica não é um tema que me atrai, mas eles…

      Excluir
  10. Adorei sua resenha , ainda não assistir mais esta na minha listinha de amores
    Estou apaixonada por esse mundo lindo que è o drama !!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Euuuu ameeeiiii esse drama ♥️♥️

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro suas resenhas! Super completas! Esse Dorama realmente é lindo, nossa! Mexeu com meu coração, vivi cada momento com ele! Simplesmente amo vir aqui e ler suas resenhas!

    ResponderExcluir
  13. mulher, eu amei esse dorama. Tô meio traumatizada com.robôs, tanto que parei de ver My absolute boyfriend, pq tô com medo do final. Maaaaaaasss, esse aí eu amei até o final. E pra.finalizar, tô com saudades desse oppa aí

    ResponderExcluir
  14. Amei esse Dorama super fofo com esse Oppa dos deuses… Acho que depois de ler sua resenha vou assistir novamento sou para desencargo de coração

    ResponderExcluir
  15. Como eu adoro essas resenhas ! Bagunça toda a minha lista quem estava no final vai pro começo e os do começo vão ficando pra trás kkkkkk Você como sempre mostrando o Dorama da melhor forma. Parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Esse dorama é encantador, de início tbm não me atraiu muito pelo tema. Mas que surpresa eu tive já no primeiro episódio!! Encantador! Cativante! Apaixonante!! Esses protas arrasaram e conquistaram o nosso core de dorameiras apaixonadas!!! E com essa resenha fenomenal! Sensaional!! que a Senhorita Raquel fez…bom…só me deixou com vontade de rever!! Parabéns pelo seu capricho com a escrita que sempre me cativa!! Bjo no seu core!! E que venham mais resenhas assim!! Perfeitas!!❤

    ResponderExcluir
  17. Esses dias tava falando para uma amiga, sobre como esse ator é maravilhoso… Ele consegue expressar com os olhos os sentimentos do personagem, e lendo sua resenha só pude constatar que realmente é isso e não pq sou apaixonada por ele desde Operação Proposal ( aliás, meu primeiro Dorama ).
    Parabéns pela resenha, concordo com tudo

    ResponderExcluir

Deixem-nos saber o que achou do post! Comente aqui.

Todo site, quando desenvolvido com carinho, sem qualquer pretensão de lucro, espera algo em troca.
A única coisa que espero dos meus visitantes, além de gostarem do conteúdo, é comentarem nas postagens.
São estas pequenas coisas que não me deixam desanimar: saber que tem gente que acompanha, independente de concordar ou discordar de mim.
Então, se não for pedir muito, por favor, deixem umas blogueiras felizes! ^^

Paginação numerada



Subir